Feed do Instagram: o que mudou com o novo algoritmo?

Desde que o Instagram anunciou mudanças no feed em 2016, muitos usuários ficaram preocupados com o alcance das postagens, surgindo diversos mitos e especulações sobre as “prioridades” do algoritmo, mas a verdade é que essas alterações foram feitas pensando na experiência de quem está usando.

Você já notou que quando está passeando pelo feed do Instagram as publicações que você mais vê são de pessoas que você interage de alguma forma? Pois é, o novo algoritmo do Instagram não vai priorizar quem tem mais seguidores ou quem possui o “feed mais organizado”, ele vai priorizar o usuário. O comportamento será fundamental para decidir o posicionamento de uma postagem.

Segundo o Instagram, não existe diferença de entrega entre vídeo, imagem estática, conta comercial, pessoal, verificada, nada disso. 

Se o usuário consome mais vídeos, ele verá mais vídeos. O novo feed funciona com base nos seus interesses, ou seja, no que é considerado relevante para quem está vendo. Mas se não há uma regra igual para todo mundo, então como um criador de conteúdo deverá planejar suas postagens?

Uma estratégia de publicações pensada no público-alvo terá um melhor resultado. Será necessário estudar o comportamento desse público e o seu contexto, para então desenvolver posts que o algoritmo possa considerar relevante para quem se quer atingir.

O Instagram quer que seus usuários passem o maior tempo possível utilizando a plataforma, por isso essa mudança. Se você abrir o aplicativo e nas primeiras publicações não encontrar algo do seu interesse, com certeza irá partir para outra. Usuários ativos interagem e clicam em anúncios.

Tá vendo? No fim é tudo sobre você e o seu dinheiro.

Continue lendo: Onde e Quando Postar?

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *